9 de mar de 2016

Vane anuncia apoio a Davidson Magalhães em Itabuna

Vane do Renascer, como é conhecido, desistiu de tentar a reeleição e vai apoiar Davidson Magalhães como seu sucessor


O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) oficializou a sua pré-candidatura a prefeito de Itabuna nas eleições municipais deste ano. O ato de lançamento da pré-postulação do comunista, realizado na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), contou com a presença do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), da cúpula do PCdoB na Bahia, além de lideranças locais.
Vane do Renascer, como é conhecido, desistiu de tentar a reeleição e vai apoiar Davidson Magalhães como seu sucessor. Atualmente, o PCdoB ocupa o cargo de vice-prefeito com Wenceslau Júnior, além de cargos no primeiro, segundo e terceiro escalão da administração municipal. O prefeito de Itabuna já tinha, inclusive, solicitado a saída da sua gestão, os ocupantes de cargos que não estariam dispostos em apoiar a candidatura de Davidson Magalhães no pleito. Entre os possíveis demissionários estão servidores ligados ao PRB, partido do gestor itabunense, que também deverá deixar a legenda após entregar o comando do município do sul baiano.
Durante o evento político anteontem, o prefeito foi alvo de vaias, mas, segundo Wenceslau Júnior, em entrevista a sites locais, o protesto foi orquestrado pelo diretório do DEM em Itabuna. “O DEM infiltrou pessoas com o objetivo de ensaiar a vaia e criar constrangimento ao prefeito para causar dificuldades na relação com o partido”, acusou o vice-prefeito. Já Davidson Magalhães cobrou a necessidade de o grupo político do prefeito manter a união em torno do seu nome. “Os atuais secretários e dirigentes municipais devem permanecer unidos para defender os avanços do governo Vane”, afirmou, ao defender o legado do atual governo. “Esse é um forte legado que merece ser defendido por todos nós e por aqueles que viram Itabuna sair do caos administrativo que a sufocava. Aliás, nos oito anos anteriores a Vane, a cidade vivenciou experiências desagradáveis com mau uso dos recursos públicos e completo abandono”, atacou. Lideranças comunistas também saíram em defesa e agradeceram o apoio de Vane do Renascer a Davidson Magalhães. O presidente do PCdoB na Bahia, deputado Daniel Almeida, afirmou que o prefeito teve um papel de “lealdade” ao projeto político iniciado em 2012.
“Ao apoiar a candidatura de Davidson Magalhães à sua sucessão, Vane se projeta como um político que põe os interesses coletivos acima dos interesses pessoais”, defendeu o comunista. Já a presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos (PE), presente no evento, afirmou que Vane demonstra não ter apego ao poder e, com isso, mostra ter “maturidade política e compromisso com um projeto que tirou Itabuna do caos e eleva a autoestima das pessoas”.
As eleições municipais em Itabuna começam a se desenhar e, até o momento, quatro nomes despontam como possíveis candidatos a prefeito. Além de Magalhães, estariam no rol ainda Augusto Castro (PSDB), Fernando Gomes (DEM) e Geraldo Simões (PT).